Como fazer onboarding para novos colaboradores

O onboarding de novos colaboradores é um processo feito para integrar um novo aliado ao seu time, adaptá-lo a cultura e forma de organização da empresa. Todo tipo de empresa pode implementar essa técnica, afim de assegurar a retenção desse profissional.

Trata-se resumidamente de um passo-a-passo que o novo integrante poderá fazer e algumas instruções que garantirão que seus primeiros dias sejam melhor aproveitados.

Qual o momento mais adequado para apresentar o onboarding ao profissional?

Bem, como se trata de um onboarding para novos colaboradores, é ideal que no seu primeiro dia, este manual já esteja pronto. É no primeiro dia de trabalho, que o funcionário se encontra mais motivado e curioso quanto a empresa.

Um profissional que acaba de entrar na empresa, está mais aberto para receber orientações do que um funcionário que já se encontra inserido e confortável em seu local de trabalho.

Planejamento e preparação

Montar um onboarding para novos colaboradores exige muito planejamento para diferentes áreas da empresa. Geralmente o manual de onboarding é feito pelo RH, mas isto não impede que outros times também tenham participação, afinal, a verdadeira imersão acontece de pessoa para pessoa.

Muitas companhias ainda ignoram a importância do onboarding de empregados e acabam fazendo apenas uma apresentação geral sobre a empresa e projeto. Um grande erro, visto que o mercado não é só competitivo para empregados, mas também para os empregadores.

Empresas que investem no aprimoramento do talento e bem-estar dos funcionários, ficarão com os melhores profissionais.

Quais os benefícios do onboarding para a organização e para os novos colaboradores?

Além de contribuir para um bom clima organizacional e evitar o turnover, que é a porcentagem de substituições de antigos funcionários por novos, o resultado revela a capacidade da empresa em reter seus funcionários e ser atrativa para eles e para os consumidores.

Engajamento entre profissionais e times

Com a taxa de saída alta e constantes contratações, seu time acaba não se adaptando a rotina de trabalho em equipe. Todas as vezes que um funcionário é demitido, é preciso que os que permaneceram se re-adaptem a rotina.

Alinhamento de propostas

O onboarding educa e expõe aos contratados sobre quais são as medidas organizacionais e alinha as expectativas de cada lado. A empresa deve “dar o caminho das pedras” para evitar erros iniciais comuns e acelerar o processo de aprendizagem.

Como deve ser a estrutura do onboarding?

Pra o onboarding ser efetivo, ele precisa ter uma estrutura concisa. Informações importantes como salário, benefícios, horário de trabalho e períodos de experiência precisam ser informados no momento da contratação.

É ideal que a jornada de trabalho tenha início na segunda-feira, para que a pessoa escolhida tenha uma semana interrupta de trabalho e possa se aprofundar na jornada da empresa.

Organize a recepção do seu novo funcionário

Deixe claro que a chegada dele estava sendo esperada, especialmente no seu setor. Informe aos outros funcionários sobre a nova contratação, conte um pouco sobre a função e perfil do mesmo.

Na chegada do novo membro, apresente todos os funcionários e os ideais da sua empresa.

Você pode enviar um e-mail ou um encarte sobre o dress code, cronogramas de trabalho e ferramentas que a sua companhia dispõe para melhorar a dinâmica de atividades.

Faça um tour pela empresa e quem sabe um “kit de sobrevivência”

O “tour” é necessário para que o funcionário sinta-se familiarizado com o ambiente, mesmo nas pequenas empresas. Se possível, apresente os CEO’s da empresa.

O kit de sobrevivência consiste em dicas de locais para almoçar, locais para realizar o exame admissional mais próximos da empresa e caso sua empresa tenha uniforme, agenda, caneca ou squeeze, esta é hora dos brindes!

Apresente o setor e escolha um auxiliar

Apresentar o setor e as pessoas que irão trabalhar diretamente com o novato, deixa ele mais a vontade, contudo, é normal que nos primeiros dias, surjam várias dúvidas e você pode selecionar uma pessoa e instruir-la ficar a disposição para eventuais perguntas.

Lembrando que, este orientador precisa estar apto para tirar as dúvidas e ser uma pessoa engajada na empresa.

Inclusão

Integração
Integração

Os antigos funcionários precisam estar em comunhão sobre a importância de incluir um novo funcionário da equipe. Isto significa o aumento da produtividade no setor, além de tornar a empresa uma referência para futuras contratações.

Gostou do post? Temos mais dicas no nosso blog. Confere aqui!

Como fazer onboarding para novos colaboradores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *