Marketing digital: como atrair a atenção do consumidor

Se você se perguntar onde está a maior parte da atenção do consumidor, você perceberá que já não se encontra na televisão ou rádio. Hoje, o foco é online, no celular, no computador.

O marketing digital consiste em um conjunto de ações realizadas na internet, com o objetivo geral de atrair mais visibilidade para uma marca ou empresa e consequentemente, mais vendas.

A intenção é “educar” seus prospectos em diferentes maneiras, chamando atenção para não só para o seu produto, como também para as intenções da sua marca e suas ideologias.

Conceito da marca

Conceitos não se criam de um dia para noite e para atrair a atenção do consumidor, estes conceitos precisam ser sólidos e bem trabalhados. Não vale subestimar seu target, com propagandas temporárias que não condizem com as práticas da sua empresa.

Para fazer um conceito de marca que convença, existem três pilares básicos que precisam ser desenvolvidos:

  • Especificidade: conceito bem definido e de fácil entendimento;
  • Objetividade: conceito criativo e de fácil percepção, se tornando uma personalidade.
  • Veracidade: a marca precisa ser honesta em relação as suas ações.

Não é uma tarefa fácil criar uma conceito de marca, mas em um mercado tão competitivo os clientes têm se interessado sobre o posicionamento e como a marca os afeta emocionalmente.

O futuro do marketing é a conexão emocional, transforme seus clientes em evangelistas da sua marca.

Não apresente seu produto, destaque-o!

Para atrair a atenção do consumidor você além de veicular informações em diferentes meios, você precisa de artifícios para convencê-los de que o seu produto tem muito mais do que só qualidade.

A vantagem do marketing digital são as variedades de plataformas e você pode trabalhar as particularidades de cada uma delas. Nestas mídias você consegue interagir melhor com os usuários, entender sobre eles e principalmente oferecer-lhes conteúdos que você sabe que são da necessidade da sua persona.

Dependendo da rede social escolhida você consegue montar o cenário perfeito para atrair a atenção do consumidor.

Canais para expansão

Primeiramente você precisa montar um personagem fictício, pesquisar em quais meios este personagem se encontra e definir a abordagem que você irá utilizar.

Por mais que exista essa dinâmica de puxar o cliente de uma plataforma para outra, a linguagem e o tipo de conteúdo disponibilizado é diferente em cada, até porque se fossem iguais, não haveria necessidade de migrá-los para outro sítio eletrônico.

Site

O Google é a maior fonte de pesquisas e ter um site apropriado, responsivo web e mobile, conta muitos pontos na apresentação da sua empresa. Procure incluir seus produtos, destacar seu diferencial e contextualizar claramente que problemas a sua empresa resolve.

Blog

Atualmente é necessário que a empresa produza conteúdos de maneira relevante, assim o usuário cria um vínculo maior com a empresa, ao invés de só acessar sua página quando precisa comprar algo.

Tente trabalhar no seu blog conteúdos que enriqueçam seus clientes e gerem sucesso para eles, afinal, o sucesso dos seus clientes é também o seu.

Youtube

Algo dinâmico prende muito mais atenção do que uma foto estática. Produzir conteúdo no Youtube é um grande bingo!

Uma ideia é contratar produtores de conteúdo criativo (nano influenciadores) para uma proposta que não seja assinada pela sua empresa e sim com as características criativas da pessoa escolhida.

Instagram

Com a mesma intenção de criar vínculos, nesta plataforma você poderá engajar seus seguidores de maneira mais dinâmica e sutil, produzindo conteúdo em vídeo, foto, contando uma história/estória através carrossel ou produzindo um vídeo mais longo no IGTV.

No Instagram existem chamadas para ação, onde você pode habilitar, telefone, e-mail, site e até links de WhatsApp na bio!

Facebook

O Facebook é uma das plataformas sociais que mais fornecem dados, você consegue segmentar seu público e entender melhor sobre ele dentro da sua conta.

E-mail

O e-mail marketing ainda é muito utilizado e se você levar em consideração estratégias de funil trabalhadas junto com pesquisas de satisfação no pós-venda, você consegue identificar gargalos e melhorar o NPS da sua empresa.

Além do mais, todas estas ferramentas podem ser redirecionadas entre elas.

Dica: Gestão multicanal é muito interessante para que o usuário possa escolher por onde ele pode ser atendido, porém, seja conciso para estar presente com qualidade, caso sua empresa não se encaixe em alguma destas plataformas, opte por não usá-la.

Atendimento ao cliente

Sabemos que um bom atendimento fideliza o cliente e por muitas vezes auxilia em uma crise. Quando sua empresa vêm trabalhando um bom relacionamento, eventualidades podem ser facilmente contornadas.

Dica: Caso sua empresa trabalhe com chatbots ou tenha algum case importante sobre a situação de algum cliente, é legal apresentar para o restante da equipe, assim, os demais conseguem sentir a dor do usuário e se empenhar para fazer o cliente mais feliz.

Da mesma forma, ser bem atendido gera repercussão e o marketing boca-a-boca ainda é um dos mais lindos de se constatar.

Marketing digital: como atrair a atenção do consumidor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *